Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

Buscar   OK
74 9125-5266

Fan Page

Hora Certa
Publicidade Lateral
Enquete
Você concorda com REDUÇÃO dos SALÁRIOS dos políticos de Campo Formoso?

 SIM
 NÃO

Notícias Atualizadas

Peça sua Música

  • pr aloisio
    Cidade: praloisiolima@hotmail.com
    Mensagem: eu navegarei
  • Anielen Moura
    Cidade: Belém
    Mensagem: Vencedor Jotta A
  • Elves Thales
    Cidade: Campo Formoso
    Mensagem: Viverei Milagres - Vanilda Bordieri
  • George Verde
    Cidade: campo formoso
    Mensagem: projeto sinal verde
  • George Verde
    Cidade: campo formoso
    Mensagem: projeto sinal verde
  • Suelma Moraes
    Cidade: Goiás -Go
    Mensagem: sou mais que vencedor com Ludmyla feber
No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Estatísticas
Visitas: 1095198 Usuários Online: 65


Bate Papo

Digite seu NOME:


E.B.D
Publicada em 16/06/17 as 11:29h - 185 visualizações
Lição 12 dia 18 de Junho de 2017 José, o pai terreno de Jesus – um homem de caráter

formosogospel.com.br

Link da Notícia:

 (Foto: formosogospel.com.br )

Lição 12

18 de Junho de 2017

José, o pai terreno de Jesus - um homem de caráter

Texto áureo: Mateus 1. 24    

Texto bíblico: Mateus 1. 18 - 25   

 

INTRODUÇÃO.

Ao Deus todo poderoso honra e gloria, que nos permite estar tratando de mais um belíssimo assunto de sua palavra e certo de que somos um vaso de barro, contudo possuindo dentro de nós um grande tesouro dado pelo próprio Deus. Queridos essa semana trataremos acerca de José de Nazaré o pai terreno do nosso Senhor, e creio que através do belo comportamento deste homem tiraremos lições para nós, que nos levarão a sermos cada dia servos melhores do Senhor. Que você abra o seu coração e dobre a sua atenção para perceber o que Deus deseja nos ensinar através da história aqui narrada.   

JOSÉ O PAI DE JESUS

·         Quem era José? O pai adotivo e Sonhador!

A bíblia apresenta esse senhor, como um simples carpinteiro da região da galileia, talvez de família humilde isso nota-se por conta da profissão que ele tinha, porém tudo isso no sentido natural, pois espiritualmente José era temente a Deus e fora escolhido por Deus para ter uma participação ativa na criação de Jesus, sendo incluído diretamente na genealogia do messias (Mateus 1 .18 - 21).

Antes do nascimento de Jesus, José era apenas um homem que se apaixonou por uma moça e resolveu desposá-la, entretanto ao saber que Maria já estava grávida e que no seu ventre levava o filho de Deus tornou-se uma figura muito importante nessa narrativa. Sendo assim apresentamos José como:

a)    Justo

A bíblia o chama de justo, o comparando a alguém que tem pensamentos corretos e um estilo de vida correto, isso mostra nas intenções de José ao querer deixar Maria, na intenção de não lhe causar danos. Um homem que tinha seu prazer em servir a lei de Deus.

b)   Intentou deixá-la

A intenção de José aqui não era tão ruim como muitos assim acreditam, Jose temia infamá-la, pois naquela época uma moça que ainda não era totalmente casada não poderia aparecer grávida, pois seria ela e seu noivo apedrejados, por esta razão ele intentou deixá-la secretamente para não expor a sua amada, encontro aqui em José um homem com princípios, mas também amoroso.

c)    Um sonhador

Por duas vezes o Senhor se revelou a ele em sonhos, isso nos traz a percepção de que ele mantinha uma intimidade com Deus, e que em horas tão complexas de sua vida, onde se exigia uma intervenção divina havia um elo de contato entre Deus e José.

O CARÁTER EXEMPLAR DE JOSÉ

·         Um homem obediente

José nos apresenta aqui um papel de que a atenção a voz de Deus é muito necessária, pois muitas das vezes queremos fazer nossas próprias escolhas até mesmo com boas intenções, o que José maquina fazer não era malicioso nem vil, porém não era do agrado de Deus a ponto do mesmo orientá-lo a não deixar Maria, José prontamente obedeceu à voz do Senhor mostrando que era temente e submisso a Ele. Queridos quantas vezes nos achamos em situações parecidas onde a nossa vontade quer dominar nossas decisões e às vezes não percebemos que o querer do Senhor é diferente; então façamos como este homem estejamos atentos a voz de Deus e obedeçamos a mesma em tudo pois com certeza não ficaremos envergonhados ( Mateus 1. 24, I Samuel 16. 6 - 7).

·         Um homem temperante

Perceba aqui a prudência desse nobre casal, eles estavam esperando a data apropriada para concretizar o seu matrimonio, já estava tudo certo, e legalmente já até estavam compromissados, contudo não infringiram os mandamentos, (Deuteronômio 22. 23 - 24), não tiveram relações sexuais e mais ainda após a visita do anjo a Maria até que Jesus nascesse José não se deitou com Maria (Mateus 1.24); amados notem aqui a lealdade de José a voz do seu Deus e o respeito que tem a sua família e a de sua futura esposa, por esta razão a bíblia o denomina justo e não poderia receber menor honra, porque aquele que se compromete com Deus e tem paciência para receber sua promessa alcança bênçãos incontáveis, que sejamos os Josés e as Marias de nossa geração.

A NOBRE MISSÃO DE JOSÉ

·         Assegura a ascendência real

Amados falar sobre genealogia, não é muito fácil, pois é um assunto que não tenho muito conhecimento, porém é certo dizer que José vem de uma ascendência real, pois ele é descendente de Davi e isso traz muita importância na participação de José na vida de Jesus, contando que as mulheres não tinham o costume de serem contadas nas genealogias, as que existem são casos extremos, então Jesus é contado como filho de José, tudo isso projetado por Deus que escolhera José para levar adiante essa nobre missão. Não compreendemos todos os caminhos do senhor, mas sabemos que Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas e o nosso papel é glorificá-lo por isso (Romanos 11. 33 - 36).

·         Proteger Jesus em seus primeiros anos

Outro dever que tivera José era o de proteger Jesus, claro que se formos espiritualizar tudo, Jesus era Deus e é quem protege o homem, mas no sentido natural das coisas era José o responsável direto por sua família. Sendo assim tinha obrigações de ser e foi:

a)    O companheiro: aquele que estava ao lado de Maria em todas as suas necessidades, José ao que indica era um marido amoroso e presente, pois um homem justo cumpre com prazer suas responsabilidades e este sabia das suas.

b)    O parteiro: aquele que no momento do parto, estava ao lado de Maria, amparando-a, dando a assistência que aquele momento tão delicado exigia, principalmente porque eles estavam sós e em local inapropriado, em uma manjedoura, acreditamos que fora ele quem cortara o cordão umbilical, fizera a limpeza de Maria e outras coisas mais que àquela hora carecia.

c)     No cuidado ao recém nascido: Maria estava fraca, pois o parto tira as energias da mulher, precisava-se de alguém que fizesse a limpeza da criança, que envolvesse o menino em um lençol, que o assistisse, e estavam ali apenas os dois então nota-se que José é que faz tudo isso.

d)     Na fuga para o Egito: Em Mateus capítulo 2 do verso 13 ao 23 encontramos um Herodes endiabrado matando inocentes, a fim de exterminar Jesus, essa situação obriga José levar sua família ao Egito, para protegê-los, para livrar seu filho da morte; qualquer pai amoroso faria o mesmo que José levaria seus filhos para longe do perigo. Que exemplo de obediência e amor, ele houve a voz do Senhor para ir e para voltar, e o seu filho nosso salvador graças a essa ação é preservado.  

 

·         O zelo e a formação espiritual de Jesus

José com muita atenção leva Jesus às cerimônias exigidas da lei: Jesus foi apresentado no templo (Lucas 2. 21 - 22) e iam as cerimônias religiosas exigidas freqüentemente (Lucas 2. 40 - 41), José preocupava-se com a formação espiritual do nosso mestre, ensinou-lhe uma profissão, como era dever de todo pai Judeu; não sabemos como este morreu e nem quando, porém o homem chamado José escreveu um história de serviço a Deus, de temor ao Senhor e vida de princípios que levou ao nosso salvador como homem tornar-se um cidadão correto e homem com princípios valiosíssimos. Feliz é o pai que cria os seus filhos nos caminhos do Senhor, pois ainda que se desvie não se esquecerão dos princípios que lhe foram ensinados e no tempo certo retornarão aos verdadeiros passos que deveriam dar.       

CONCLUSÃO

A vida de José é exemplar; ela traz uma base profunda de que podemos mesmo sem fama cumprir integralmente a vontade de Deus, fazer o seu querer e estar debaixo de suas bênçãos. Amados, espero que tenha vos ajudado na compreensão dessa história, cheia de dificuldades, mas também carregada de presença de Deus; o irmão José nos revela em suas atitudes que é Deus quem escolhe quem separa e nos resta apenas cumprir bem a vontade de Deus para que tenhamos proveito em nossa caminhada.   

BIBLIOGRAFIA

Bíblia sagrada

Dicionário Aurélio

Dicionário bíblico Wycliffe

O caráter do cristão: Elinaldo Renovato de Lima

  Promoção  é na Livraria Adonai

Rua Leonardo Galvão Centro de Campo Formoso Bahia

(74) 9 9125-5266





Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros

Copyright (c) 2017 - formosogospel.com.br - Todos os direitos reservados